///oca dos sentidos

Esta oficina traz a oportunidade singular de conviver durante uma semana dentro de uma oca construída por indígenas do Xingu. Os participantes irão vivenciar todos os sentidos que o corpo assimila e os que o transcende. A oca, a “casa do ser” ancestral e primordial, será um espaço para reconhecer a origem humana e divina – da terra e do céu. A oca também será um lugar de intercâmbios culturais e um ponto para se estabelecer relações entre as pessoas e a natureza da Fazenda Serrinha. Os participantes dormirão em redes na oca e ali também se alimentarão (todos irão comer com as mãos). Uma pequena fogueira será acesa no centro da oca todas as noites.

obs.: No primeiro dia de oficina os participantes juntamente com Bené irão decidir a dinâmica dentro da oca. Estadia e alimentação não estão incluídas, no entanto a oca estará disponível para quem quiser dormir e se alimentar no seu interior durante a semana.

///trazer
Lençol, edredon ou uma canga; trazer um objeto afetivo, coisas que queiram compartilhar em obra coletiva; material de pintura e desenho.
Seria interessante que cada um trouxesse também: rede, lanterna, alimentos que pudessem partilhar com todos, que não precise cozinhar.

/////////////////////////////////

/// 11 a 16 de julho
/// primeiro dia começa às 14h, outros dias das 9h às 18h
/// 
20 vagas
/// R$ 400
///R$ 200 [estudantes e maiores de 60 anos]